Pressão alta: doença silenciosa que atinge 33% da população brasileira!

Uma doença sem cura e silenciosa, a pressão alta, ou hipertensão, afeta 33% da população brasileira, mas esse numero poderá aumentar se levarmos em conta as pessoas que são hipertensas mas não foram diagnosticadas. Estudos comprovam que 60% das doenças cardiovasculares são relacionadas à hipertensão. Grade parte da população sabe que é hipertensa mas não leva o tratamento a sério, sempre levantando uma desculpa. Hipertensão é o aumento da pressão exercida pelo sangue nos vasos sanguíneos. Se após três medições seguidas feitas por profissionais e bom equipamento marcar 140/90 ou 14/9, a pessoa tem pressão alta.Condições para aferir uma pressão arterial: a) Posição sentada; b) Ambiente calmo. c) Esvaziar a bexiga antes de aferir; d) Repouso de 5 a 10 minutos antes de aferi-la; e) Não ter ingerido bebida alcoólica, café, alimentos, não ter fumado, 30 minutos antes da aferição;f) Relaxar bem; g) Não falar durante a aferição. O hipertenso tem mais risco de sofrer Infarto do Miocárdio, Acidente Vascular Cerebral (AVC), Insuficiência Renal, Glaucoma ( hipertensão interna do olho que poderá levá-lo a perda da visão). A hipertensão é uma das doenças crônicas que mais aumentam no mundo, tendo como Causas e Fatores de riscos: o sedentarismo, a obesidade, o estresse, tabagismo, bebidas alcoólicas, colesterol alto, o consumo de alimentos industrializados pelo excesso de sal, tendências familiares, insuficiência renal, maus hábitos alimentares, tudo contribui direta ou indiretamente para esse aumento. Atinge mais os idosos, negros (pelos mecanismos de reterem mais água e sal ), mulheres na menopausa, filhos de pais hipertensos e diabéticos, Vale a pena lembrar que 90% das hipertensões não tem causa definida. Sintomas – Dores no peito, tonturas, dor de cabeça, zumbido no ouvido, nucalgias, astenia, vômitos, visão embaçada, sangramento nasal. As gestantes também poderão apresentar hipertensão ( pré eclampsia e eclampsia). Tratamento – Apesar de não ter cura, mas com dieta, alimentação saudável, exercícios físicos aeróbicos de longa duração e contínuos, de baixa intensidade ( natação, corrida, caminhada, bicicleta ), medicamentos ( com orientação médica), controle do peso, o indivíduo poderá levar uma vida normal. Medidas Preventivas – 1) Faça dieta alimentar equilibrada em gordura, açúcar e sal; 2) Mantenha o seu peso ideal; 3) Redução do consumo de álcool; 4) Não fumar; 5) Maior consumo de frutas e vegetais; 6) Praticar exercícios físicos pelos menos 40 minutos 3 x por semana; 7) Mais atenção ao lazer para evitar estresse; 8) Eliminar a obesidade; 9) Se tiver outros fatores de riscos como o diabetes, por exemplo, procure manter a doença sob controle; 10) É importante tomar a medicação conforme prescrição médica. Lembre-se: quem cuida de sua pressão arterial é você!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s