Entrelinhas

*** 7 de setembro de 1822. Nesse dia, foi proclamada a Independência do Brasil por D.Pedro I, as margens do Rio Ipiranga, em São Paulo. Desde a sua descoberta em 1.500, o Brasil ainda teve que esperar 322 anos para que a sua dependência fosse declarada. Desde então, 195 anos após a Proclamação da Independência, passamos por inúmeros episódios políticos, lutas, guerras, etc. Mesmo assim, chegamos aos 2017, com 207 milhões de habitantes, esperançosos de que esta nação ainda vai encontrar o seu grande destino. Juntamente com os Estados Unidos da América, somos os maiores das Américas. “Viva a independência e a separação do Brasil. Pelo meu sangue, pela minha honra, pelo meu Deus, juro promover a liberdade do Brasil. Independência ou Morte!”. (D. Pedro I em 7 de setembro de 1822, às margens do riacho do Ipiranga).

Alimentos que prendem e os que soltam o intestino

Muitos leitores desta coluna tem me perguntado quais os alimentos que prendem ( obstipantes/constipantes ) e os que soltam ( laxantes ) o intestino? Há uma relação enorme de frutas, verduras, legumes, cereais, etc. Vejamos alguns exemplos:
Alimentos Obstipantes ( que prendem o intestino) – Frutas – banana maçã, banana prata, goiaba, jabuticaba ( sem casca), melão, pera ( sem casca ), caju, maçã ( sem casca ), suco de limão ( sem açúcar). Legumes e verduras – batata inglesa, cará, chuchu, cenoura ( cozida), beterraba (cozida), batata salsa ( batata baroa, mandioquinha), fécula de batata. Cereais, farinhas – arroz, polvilho, amido de milho, maisena, farinha de mandioca, trigo refinado; Outros – pães, biscoitos de sal, biscoitos de polvilho, chocolates.
Alimentos laxantes ( soltam o intestino ) – Frutas – mamão, laranja, água de coco, kiwi, manga, pera com casca, maçã com casca, abacaxi, uva, abacate, ameixa seca ( fervida ou em molho ), melancia, banana nanica, figo. Legumes e verduras – couve, rúcula, espinafre, tomate, cenoura, beterrabas cruas, abóbora, broto de feijão, broto de alface, almeirão, pepino, ervilha, vagem, milho, jiló, amendoim, agrião, feijão, vegetais folhosos. Laticínios – iogurte, leite fermentado. Cereais integrais – arroz, farinha de aveia, milho, trigo, quinoa. Óleos – azeite, óleo de coco. Não esqueça que a ingestão de bastante água também contribui para que os alimentos fiquem mais laxantes.

Reforma Política desejada é inviável no Brasil!

A deputada federal Shéridan Stérfany de Anchieta ( PSDB – RR ) constantemente vítima de machismo na Câmara Federal, fez uma afirmação semelhante a este assunto que estamos comentando agora. O grande problema para uma reforma política desejável é o próprio desinteresse dos parlamentares em fazer uma verdadeira reforma política que chegue aos anseios da população brasileira que deveria ter sido convidada em participar. Exemplo clássico do que estamos falando, além de ser o desejo da população, é limitar em apenas dois mandatos as eleições para deputados e um mandato para senador ( que é atualmente de oito anos ), evitando que o parlamentar entre cabeludo na Câmara ou no Senado e saia somente quando estiver careca. Outro problema é a redução de custos dos parlamentares que hoje gira em torno de seis bilhões de reais ano, somente para os 513 deputados. Não tem como mexer neste assunto. Os parlamentares tem uma cara de pau tão grande que até os gastos das campanhas políticas deles o povo tem que pagar. Pode uma coisa dessa? A reforma política que está sendo feita agora, a toque de caixa, sem participação do povo brasileiro, tem um objetivo: “manter pelos menos 90% dos atuais parlamentares no poder.” Como se vê, a reforma política está longe de uma realidade. Os partidos maiores e os partidos menores só acham bom o texto que agrada a cada um e não ao nosso povo. Para a deputada Shéridan: “Na Câmara Federal a gente não consegue fazer aquilo que gostaríamos de fazer. Apenas tentamos conseguir algumas coisas viáveis.”

O homem e a “Barriga de Cerveja”

Loira gelada, com ou sem colarinho, com amigos e no bar. Brasil, um pais tropical, beber cerveja é muito prazeroso. Segundo os estudiosos na matéria, não há na cerveja uma substância específica que cause gordura abdominal. As calorias que engordam vem do álcool. Um copo de cerveja grande gera 150 calorias. Como o fígado já está sobrecarregado de suas atividades diárias, o organismo processa menos gordura de outros alimentos. Sendo assim, quando se bebe de uma maneira excessiva e periódica, o fígado precisa se concentrar em queimar mais álcool e eliminar suas toxinas. Juntando as 150 calorias de cada copo de cerveja com as gorduras e carboidratos dos tira-gostos, churrascos e tudo mais, tornando-se infalível que aumente a gordura visceral e você terá uma “barriga de cerveja”, principalmente se tiver de 30 a 35 anos, quando a partir de então, o metabolismo dos alimentos fica mais lento, difícil de queimar calorias. Tendências genéticas familiares também podem contribui para a “barriga de cerveja” ou de gorduras viscerais. Nos homens, os quilos extras acumulam na barriga e cintura, ao passo que nas mulheres acumulam ao redor da cintura, músculos e nádegas. Dieta rígida e exercícios físicos poderão melhorar as suas físicas e abdominais.

Síndrome do Pânico

Síndrome do Pânico, o chamado Mal do Século, é uma enfermidade que atinge quase 300 milhões de pessoas da população mundial e caracteriza-se por um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises inesperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim possa acontecer, mas que não haja motivo algum para isso ou sinais de perigo iminente. Quem tem esse transtorno sofre crises de modo agudo, inesperado, fazendo com que as pessoas fiquem preocupadas com as possibilidades de novas crises, de um novo ataque, dificultando sobremaneira a sua rotina de vida por entender que a qualquer momento poderá sofrer uma nova crise, enlouquecer ou até mesmo ter um ataque cardíaco. Causas – Muito se fala sobre diversos causas desencadeantes da doença, acreditando que se trata de um conjunto de fatores que possa desencadear a crise, tais como: Genética, Estresse, Temperamento forte e suscetível ao estresse, Mudanças na forma como o cérebro funciona e reage a determinadas situações. Constituem Fatores de Risco – a) Final da adolescência e início da idade adulta; b) Mulheres e acima de 30 anos; c) Morte ou doença grave recente em alguém da família: d)Mudanças importantes e bruscas na vida; e) Situações de estresse extremo; f) Histórico de abuso sexual na infância; g) Ter tido uma trauma, um acidente; h) Histórico familiar. Sintomas – De repente, sem uma causa aparente, a pessoa começa a ter ansiedade, um medo extremo, em qualquer situação, dirigindo ou não, num mercado ou fazendo compras num shopping, numa reunião de trabalho, enfim, em qualquer lugar, até mesmo dormindo. A crise geralmente demora de 10 a 20 minutos, mas pode demorar mais tempo. Sensação de perigo iminente, medo de perder o controle, medo da morte ou de uma tragédia iminente, sentimentos de indiferença, sensação de estar fora da realidade, dormência ou formigamento nas mãos, pés, face, corpo, etc., palpitações, taquicardia, sensação de falta de ar, ondas de calor, vômitos, cefaleia, hiperventilação, dor no peito, calafrios, sudorese, dificuldade para engolir. Muitas vezes tais sintomas podem simular um ataque cardíaco. Tratamento – O paciente com a Síndrome do Pânico deve consultar um Psiquiatra que deverá fazer o acompanhamento, orientar medicação. Além disso, apoio familiar, apoio de colegas de trabalho, exercícios físicos como ioga, terapias em grupos, dormir cedo, leituras, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e drogas, também ajudam no tratamento. É um paciente que deverá ser monitorado pois o tratamento é longo cujos os resultados variam de caso para caso. É importante conhecer bem o paciente pois muitas vezes ele poderá enveredar para as drogas, alcoolismo, depressão e em muitos casos, até o suicídio.

Coisas do Cotidiano

• No Salão de Catequeses – No dia 29 de Agosto último, a psicóloga Vanessa Amadeu fez uma brilhante palestra sobre a “Importância do Homem na Família e na Sociedade”, recebendo muitos aplausos e elogios. Em seguida, o médico dr. Juarez de Oliveira falou sobre “As Doenças da Próstata”, bastante elucidativa e esclarecendo dúvidas. As palestras foram em homenagem ao Agosto Azul, dedicado ao homem. Além dos participantes, estiveram presentes a Secretária Municipal de Saúde, Jessica Pini e toda a sua equipe. Após as palestras, foi servido um lanche aos presentes;
• Brasil inteiro ligado na Globo durante a novela A Força do Querer no dia 29 de agosto último, quando a atriz Carol Duarte ( no papel de Ivana ) reuniu a família para dizer que era um transgênero e que a partir daquela data seria chamado de Ivan. Esse assunto de LGBTT sempre gera polêmica;
• IBGE divulga: o Brasil possui hoje 207 milhões e seiscentos mil habitantes. São Paulo Capital com 12,2 milhões de habitantes e o Estado de São Paulo com 45 milhões de habitantes são os mais populosos do país. Brasília, com 3 milhões de habitantes, é a 3ª capital do país mais populosa. Curitiba, com mais de 1,9 milhão de habitantes é a sexta capital em população, sendo maior que Porto Alegre que possui pouco mais de 1,4 milhão de habitantes. Nosso Estado do Paraná tem 11,320 milhões de habitantes, perdendo por dois mil habitantes para o Rio grande do Sul que possui 11,322 milhões de habitantes, sendo o 6º estado mais populoso da nação. São Paulo e Rio de Janeiro continuam sendo as mais populosas cidades. Fora as capitais, Guarulhos (SP) é a maior cidade do interior do Brasil, com mais de 1,3 milhão de habitantes.
• Espaço – Cultura -Cinema – Música – “Caravanas”, álbum musical de Chico Buarque de Holanda, após seis anos sem voltar ao cenário musical nacional. Apresentado à imprensa no começo da semana passada, Caravanas” já colhe elogios e algumas polêmica. Aos 73 anos, Chico coloca nas prateleiras reais e virtuais o seu novo álbum, que morde e assopra, afaga e sofre de desamor. E pincela subliminarmente uma visão política enquanto navega por mares. Chico já tem o seu lugar cativo na música popular brasileiro por tudo aquilo que já fez não precisa provar nada mais à ninguém. Mesmo assim, Chico gosta de colocar a sua cabeça para fora da toca, como contestador que sempre foi, participando ativamente de campanhas políticas, sempre contra as classes dominantes. Cinema – “Bingo”, o filme brasileiro do ano. “Bingo – O Rei das Manhãs”, traz nostalgias a todos que cresceram na década de 1980 ao reconstruir a grande atração infantil da época, o Bozó. Bastante carismático, ele unia a safadeza e a inocência para entreter as crianças, explorando sensualidade e apostando em tiradas sutis e elegantes. Na realidade, o filme resgata um momento da TV que aconteceu há pouco tempo e fez parte de uma geração. Na realidade, o filme não é sobre o Bozó, e sim, sobre o ator por traz do nariz de palhaço, aqui chamado Augusto Mendes, apresentando um programa controlado por um executivo americano que não entendia nada de humor e entreter as crianças brasileiras e ai resolve improvisar, com a presença do palhaço Bingo. O filme já em cartaz nos cinemas!

Pingos e Respingos International news from Brazil

*Clandestine boat sinks and at least 19 people die in northern Brazil, in the Xingu river, State of Pará. Another accident with boat happened in the State of Bahia where a boat sank near Salvador proceeding from the Island of Itaparica, killing 23 people;
*Rio de Janeiro has 100 police officers assassinated this year until August of 2017. Reasons: fights against drugs smugglers;
*Brazil adapts to try to attract Chinese tourists;
*São Francisco river accumulates projects abandoned halfway through construction;
*Government believes Brazilians are being used as guinea pigs by foreigner laboratory;
*Brazil imports yellow fever virus from the North of South America.
Words of the week: sink/ guinea pig/through